Mídias Sociais

10 Dicas para montar uma estratégia de conteúdo correta

13/12/2021

A estratégia de conteúdo é uma etapa de planejamento muito utilizada no marketing digital para atrair a atenção do público ideal e da forma correta. A definição dos canais, frequência e consistência de conteúdo fazem parte dessa estratégia.

 

Toda estratégia de conteúdo deve ter como principal objetivo gerar engajamento do público e entregar informações de valor para a audiência.

 

Estratégia de Conteúdo no Marketing digital

5 Benefícios da estratégia de conteúdo

Se você ainda não traçou a estratégia de conteúdo da sua marca, você pode estar perdendo muitas oportunidades. Elas são tão importantes quanto as estratégias de vendas, aliás as estratégias de conteúdo devem estar em paralelo às estratégias de vendas. Afinal, existem inúmeros benefícios de apostar no marketing de conteúdo.

  1. Atrair novos consumidores;
  2. Fortalecer a sua marca;
  3. Aumentar as vendas;
  4. Fidelizar seus clientes;
  5. Potencializar os resultados do marketing digital.

Para traçar a estratégia de conteúdo de maneira adequada é muito importante definir alguns posicionamentos de marca e estudar todos os pontos de contato com o seu público. Confira a seguir algumas dicas:

 

10 Dicas para traçar a estratégia de conteúdo

Faz parte de qualquer planejamento estratégico as análises e estudos de todas as etapas de posicionamento de marca. Pular etapas pode prejudicar os resultados no médio e longo prazo.

 

1. Trace e estude a Jornada do Cliente

 

A Jornada do Cliente é uma maneira assertiva de encontrar pontos de contato que o seu público tem com a marca. O comportamento dele deverá guiar as suas ações de produção de conteúdo com base em cada momento dessa jornada.

 

Normalmente ela é dividida de três a quatro etapas, as principais são: Consciência, consideração, decisão e encantamento. Para cada uma dessas etapas existem formatos de conteúdo diferentes para atrair a atenção, despertar desejo e então motivar a ação da compra.

 

Você deve estar presente em todos esses momentos na hora certa e no lugar certo para melhorar os resultados da sua empresa.

 

A quarta etapa, encantamento, deve estar relacionada a fidelização dos clientes, com encantamento pelo produto. Nesse momento também devem ser criadas estratégias de conteúdo para trazer o seu cliente para comprar novamente seus serviços ou produtos.

 

O objetivo é que seus conteúdos agreguem valor a marca e conquistem seu público a se tornar um cliente fiel. O Ideal é que ele seja um promotor, avaliando e recomendando sua marca para outras pessoas.

 

🔔Quer se aprofundar na Jornada do cliente e nas estratégias de marketing digital para gerar e nutrir leads? Clique aqui e baixe nosso ebook sobre o tema.

 

2. Defina a persona e o tom de voz da marca

 

Ao traçar a estratégia de conteúdo para um cliente, você também precisa pensar no tom de voz que todos os conteúdos seguirão para chamar a atenção da persona. Por isso, é imprescindível definir a persona da sua marca.

 

A persona da marca é que vai guiar todas as estratégias de conteúdo tanto para tráfego orgânico quanto para tráfego pago.

 

3. Defina ações com base no Funil de Vendas

 

Assim como traçar a Jornada do Cliente é importante para entender os momentos e os conteúdos adequados para cada um deles, o funil de vendas vai guiar o momento adequado para oferecer um serviço ou produto, desconto ou brindes.

 

Confrontar a Jornada do Cliente com o Funil de Vendas é o caminho mais adequado para contribuir com as estratégias de conteúdo de todas as ações de marketing de uma marca.

 

4. Defina o Manual da Marca e a Identidade Visual

 

Uma imagem fala mais que mil palavras. Com toda a certeza o direcional criativo deve fazer parte inicial das estratégias de conteúdo. Não há conteúdo sem imagem e as próprias imagens são conteúdos.

 

É por isso que a produção do KV – KeyVisual – (chave visual ou um guia de arte para a criação das peças de uma marca) deve ser criado e aprovado antes de iniciar as produções de conteúdo do calendário. O KV será o guia das produções de arte e design das peças de conteúdo.

 

A definição de um KV facilita o processo contínuo de todas as criações futuras, evitando falhas e proporcionando unidade visual para a marca, causando lembrança e reconhecimento da marca perante sua audiência.

 

5. Determine as palavras-chave e hashtags de acordo com as otimizações de SEO

 

Todo produtor de conteúdo se baseia nas palavras-chave da marca e nas hashtags utilizadas para as mídias sociais.

 

Tanto as palavras-chave para as produções de conteúdo para site e blog, quanto as hashtags para as menções em posts das redes sociais são importantes para traçar estratégias para atingir o público alvo e o seu público te encontrar.

 

6. Faça a análise dos canais de conteúdo existentes

 

No processo de definição das estratégias de conteúdo é muito importante saber onde sua empresa está marcando presença e onde ela pretende estar ativa.

 

Caso a marca já tenha canais criados nas mídias sociais, é importante conferir o histórico de publicações, engajamento e quem são os seguidores. Tenha visão de onde a sua marca está e onde você deseja chegar com as suas estratégias de conteúdo.

 

Desta forma é possível traçar as estratégias ideais para as metas desejadas. Enxergar o que funciona e o que deve ser evitado faz parte das análises de históricos.

 

7. Faça a análise dos conteúdos produzidos no passado

 

Outra análise importante para ser feita, além dos canais, é em relação aos conteúdos já produzidos online e offline. Não desperdice conteúdos prontos. Algumas atualizações podem facilitar e otimizar o processo de trabalho.

 

Na estratégia de conteúdo, tudo que funciona deve ser mantido e aprimorado. Já o que não traz retorno pode ser repensado e transformado.

 

8. Realize um planejamento editorial

 

O planejamento editorial deve seguir todas as dicas anteriores. Desta forma você deverá pensar em conteúdos alinhados aos momentos da jornada de compra, do funil de vendas, da persona, com o uso adequado das palavras-chave. Além de usar os canais ideais para cada tema e abordagem.

 

Não esqueça de incluir em suas ações um calendário editorial, com as datas comemorativas que fazem sentido para o segmento de atuação.

 

E-mails, blog posts, posts das redes sociais e investimento em mídia paga podem estar relacionados para promover engajamento, cliques e visitas ao site.

 

9. Ative canais

 

Com tudo planejado e bem definido, é hora de ativar os canais escolhidos e então definir a frequência das postagens.

 

Analise, interaja, teste, mude e mantenha-se presente com ideias criativas conectadas aos interesses da sua marca.

 

Consistência e frequência são ingredientes básicos após a ativação dos canais.

 

10. Defina ferramentas de marketing digital

 

Umas das maneiras de conseguir executar todas as estratégias de conteúdo com organização e análise é com a ajuda de ferramentas de marketing digital.

 

Existem inúmeras ferramentas disponíveis no mercado para fazer automação de marketing, gerenciamento de redes sociais com programação de postagens e estudo de palavras chave.

 

As indicações das ferramentas disponíveis para contribuir com as ações de marketing digital vamos te apresentar em um outro artigo específico sobre o tema. Aguarde!

 

Continue acompanhando as dicas da CRP Mango, aqui no Blog. Se tiver dúvidas e sugestões é só entrar em contato. Clique aqui!

Veja também