Negócios

Pandemia acelera transformação digital e expõe nova realidade às empresas e aos consumidores

11/09/2020

Em evento do Digitalks Expo, Sir Martin Sorrel fala sobre o futuro digital e como as empresas devem se comportar a partir de novos desafios

A pandemia do novo coronavírus acentuou mudanças na vida de pessoas e no dia a dia das empresas. Em toda parte, diversos negócios precisaram adaptar-se rapidamente à nova realidade e equilibrar seus orçamentos.

 

Sir Martin Sorrel, empresário, fundador da WPP e presidente da S4 Capital, convidado do Digitalks Expo, destacou que as pessoas e consumidores esperam por mudanças a partir desta nova realidade e que é preciso encontrar oportunidades interessantes e criativas.
 

Pandemia acelera transformação digital

 
A Covid-19 provocou uma disrupção digital e as pessoas, cada vez mais conectadas (nativos digitais), possuem novos objetivos de estilo de vida: passar mais tempo em casa e não perder tempo em transporte público, além de uma demanda maior por meios digitais, como a televisão. Sobre as mudanças provocadas pelo digital, o empresário citou como exemplo os jornais australianos que migraram para o digital.

 

Sir Martin destaca as muitas possibilidades a partir dos novos desafios do mundo e do marketing em si. Ele citou o exemplo da própria empresa que cresceu em todos os meses durante a pandemia e que tem uma ambiciosa meta de dobrar seu valor em 2 anos.

 

O executivo destacou também o papel das agências. Para ele, na área digital, tudo tem a ver com a mente. A mudança gerada pelo novo coronavírus expôs outra realidade importante: a força das empresas e agências menores neste novo cenário, citando como exemplo que a participação de mercado das grandes empresas globais estão diminuindo e que mais da metade da receita de grandes redes (Facebook, Google e Amazon) vêm de empresas pequenas.

 

Ainda sobre isso, Sir Martin pontuou o papel das agências menores neste novo contexto. Elas estão sendo capazes de atender grandes empresas devido a alta capacidade de especialização em algum segmento ou tecnologia específica, além do atendimento personalizado. Ele entende que há um bom futuro para startups, em especial as de tecnologia.

 

Por fim, Sir Martin falou sobre a América Latina e as oportunidades de negócio na região. Para ele, a América Latina é erroneamente subestimada e que há grandes exemplos de que a região é uma fonte de talento e enorme criatividade. Ele cita como exemplo o Mercado Livre e seu alcance global.

Veja também