Comportamento, Mídias Sociais

Diversidade cultural é tendência de conteúdo digital em 2022

22/11/2021

Estudos do Global Digital Reports 2021 aponta aumento da diversidade cultural no consumo de conteúdo digital como tendência para 2022.

 

A série Global Digital Reports, estudo disponibilizado pelo DataReportal, principal fonte de dados sobre o comportamento digital do mundo, apontou aumento da diversidade cultural no consumo de conteúdo digital. Essa é uma das evidências de tendências para os próximos meses, se intensificando em 2022.

 

Essa informação foi percebida após as análises feitas em relação às consultas de pesquisas, uso de ferramentas de tradução online, acessos a programas de TV, filmes, música e conteúdo de mídia social que os internautas vêm consumindo ultimamente.

 

Se você produz conteúdo digital, precisa ficar de olho no comportamento do consumidor. Isso porque é necessário focar as estratégias de marketing de acordo com as tendências de consumo do seu público alvo.

 

Diversidade cultural é tendência de conteúdo digital

 

Na hora de traçar as estratégias para a produção de conteúdo de marketing digital para 2022 é importante levar em consideração alguns dados. Confira a seguir:

 

Aumenta o uso de ferramentas de tradução

Um comportamento que está aumentando em relação aos conteúdos digitais é o uso de ferramentais de tradução. Esse comportamento nos mostra que as pessoas estão consumindo informações de outros países e idiomas, além de sua própria origem.

 

As palavras “traduzir”, “traductor” e “Google traduzir” foram os três termos mais buscados dentre as 20 principais consultas de pesquisa do Google, no mundo. Essas pesquisas aconteceram no período de julho e setembro de 2021.

 

Outra informação relevante nesse sentido é que, em uma semana, cerca de 1 em cada 3 usuários da Internet com idade entre 16 e 64 anos usaram uma ferramenta de tradução online. Esse comportamento demonstra crescimento em mais de 50% na Colômbia, Brasil, México e Indonésia.

 

O público que mais utiliza os tradutores são mulheres com idade entre 16 e 24 anos. Mais de 4 em cada 10 usuárias da Internet usaram essas ferramentas ultimamente.

 

Os dados são de uma pesquisa ainda em andamento, realizada pela GWI, empresa especializada em pesquisas de mercado de grandes empresas do cenário de conteúdo digital, como We Are Social, Google, Microsoft, LinkedIn, entre outras.

 

Ao observar esses dados podemos perceber que há uma forte tendência mundial em aprofundar conhecimento sobre diferentes culturas.

 

À medida que buscamos informações e consumimos conteúdos de outras nacionalidades aprendemos algo típico da origem desse conteúdo, desejamos produtos que vendem nesses locais e todo o tipo de consumo se amplia.

 

Conteúdo internacional em crescimento

O tempo que passamos dentro de casa devido a pandemia também motivou o consumo de conteúdo digital de diferentes origens. Isso foi um efeito mundial. Em especial, as plataformas globais de streaming, como a Netflix, facilitaram o acesso ao conteúdo. Levando em consideração a facilidade de acesso, além do controle para escolher o que e quando assistir também motivam as buscas por conteúdos diversificados culturalmente.

 

Um exemplo de alcance mundial em curto espaço de tempo foi a série Squid Game, a mais recente série de sucesso da Netflix, conhecida aqui no Brasil como Round 6. Em poucas semanas, a produção de origem coreana foi assistida por mais de 100 milhões de pessoas.

 

Conteúdo que vende – Aproveitando o momento.

De acordo com estudos da FlixPatrol, empresa que fornece dados e classificações de streaming em todo o mundo, um programa de TV não nativo em inglês liderou as paradas da Netflix em todos os 83 países que o serviço apresenta todos os dias entre 1º e 12 de outubro.

 

A procura por outros tipos de produtos, como a música, a moda e a comida coreanas aumentaram nos últimos meses devido ao sucesso dos conteúdos conhecidos como ‘K-dramas’.

 

Esse comportamento é muito comum sempre que algum conteúdo atinge patamares altos de aceitação do público, escalonando as vendas de produtos da mesma origem.

 

Outros exemplos de produções de origens diferentes às tradicionais norte americanas e que obtiveram sucesso em 2021 foram: Tremoço, La Casa De Papel, ¿Quién Mató A Sara? (Who Killed Sara?) E Yo Soy Betty, La Fea (Ugly Betty).

 

O papel do marketing de conteúdo

Profissionais de marketing que estão à frente da produção de conteúdo digital devem ter em mente que as mídias sociais são ferramentas capazes de impulsionar alcance. Conteúdos bons, compartilhados nas redes sociais, podem chegar longe e rápido.

 

Além disso, as pessoas que são impactadas em suas redes sociais por algum assunto que está em alta, utilizam os buscadores para se aprofundarem no determinado tema.

 

Quanto mais buscas são realizadas, mais os buscadores entregam e ranqueiam tudo aquilo que encontra de conteúdo relacionado. É por isso que investir em produção de conteúdo para blogs e redes sociais pode aumentar as visitas de um site.

 

Se você já produz conteúdo, será que ele obedece às regras necessárias pare ser encontrado organicamente? Esse é um outro assunto que você pode se aprofundar com nosso post “A importância do SEO para o marketing digital”.

 

Continue acompanhando nossos posts e aprofunde seus conhecimentos sobre o mundo digital.

Veja também